Tecnologia RFID Aplicada à Logística

A tecnologia RFID pode ser aplicada em diversos campos, mas onde ela mais se destaca certamente é na gestão de cadeia logística que também é conhecida por Supply Chain Management.

Tecnologia RFID: o que é?

Tecnologia RFID é a sigla de Radio Frequency Identification que traduzido para português significa Identificação por Radiofrequência. Este termo é genérico e é utilizado para tecnologias que fazem uso da frequência de rádio com o intuito de capturar dados.

Essa tecnologia pode ser aplicada em diferentes áreas, pois seu intuito é reduzir o desperdício, gerir inventários, limitar os roubos, aumentar a produtividade e tornar a logística mais simplificada.

O RFID apresenta várias vantagens, mas a principal certamente é poder permitir que seja feita a codificação em ambientes considerados hostis.

Serviços e produtos passam a ter mais valor na cadeia logística

RFID quando utilizado na logística não se limita apenas a realizar o controle da movimentação e do armazenamento dos materiais durante a cadeia logística. Se for bem aplicada essa tecnologia pode fazer com que a forma de fazer negócios seja modificada, contribuir para que os serviços melhorem, tempo seja reduzido entre outros.

Entre as funcionalidades que possui as que irão permitir que as atividades gerenciais ultrapassem as fronteiras e que os serviços e produtos agreguem mais valor são:

  • Possibilita que seja feita o Read-Write dos dados (leitura e escrita);
  • Capacidade de realizar a captura do RF de objetos que se encontram em movimentos que não são uniformes;
  • Dados do produto são armazenados e não apenas seu código;
  • A tag RFID pode ser reutilizada;
  • O código gravado na peça ou produto é único e inalterável;
  • A distância de captura pode ser maior que a da leitora óptica;
  • Não é preciso que a leitura seja feita em linha reta e de forma estática;
  • O alcance do RFID UHF pode ultrapassar os 10 metros;
  • Dados podem ser enviados no RFID do tipo ativo indicando a temperatura, localização exata caso esteja combinado com um GPS e a situação de umidade.

Principais benefícios para a logística do RFID

O Supply Chain Management pode ter os seguintes benefícios ao fazer uso da tecnologia RFID:

  • Os níveis dos serviços apresentam melhoria, pois agregam inteligência e flexibilidade nos processos;
  • Pallets, caixas e prateleiras podem ser conferidas mesmo que se encontrem no alto sem que seja possível ter contato visual ou realizar sua abertura;
  • A produção de produtos se dá de forma customizada na linha de montagem;
  • É realizado registro automático tanto das entradas quanto das saídas de materiais;
  • Pessoas, objetos e animais podem ser rastreados;
  • Os materiais são localizados de forma mais ágil e rápida;
  • Os erros que ocorrem com certa frequência na entrega dos pedidos dos clientes sofre redução;
  • A movimentação dos materiais apresenta ganho de velocidade;
  • Falsificações são evitadas devido a gravação de código único não alterável no produto;
  • O tempo total desde o pedido até a realização da entrega da mercadoria sofre uma redução;
  • O inventário dos materiais e produtos é realizado com mais rapidez e redução da mão de obra.

O RFID possui funcionalidades que permitem que as aplicações de logística sejam desenvolvidas de forma mais inteligente e flexível.

Conclusão

A tecnologia RFID elimina os processos de leitura realizados um a um através do código de barras. Isso proporciona uma leitura mais veloz e ao mesmo tempo a captura de várias tags. Esta é mais uma ferramenta para melhorar os processos de logística que ainda tem muito a ser explorada a favor dos negócios.

Veja também: 4 investimentos em logística para impulsionar o seu negócio

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: