Gestão de Tempo e Produtividade Logística em Meio a Crise

Avaliar a gestão de tempo e produtividade de uma empresa se tornou um fator crucial para o crescimento do negócio.

Devemos ressaltar que esse tipo de gerenciamento, precisa ser considerado como uma prioridade para diferentes setores produtivos e estratégicos da empresa.

Normalmente, as equipes de trabalho se preocupam com o planejamento do projeto de logística da empresa para elevar a qualidade de seus processos de produção e entrega de produto, além de cumprir prazos com alto controle do fluxo na cadeia de suprimentos.

É importante que o projeto detalhe cada etapa, função e atribuição de cada setor envolvido com a aplicação das tarefas logísticas, de forma que reduza custos e simplifique procedimentos operacionais.

Outro fator que, inicialmente, devemos indicar, é o da segurança de todo o projeto, para que produtos e matérias-primas sejam alocadas e transportadas dentro do prazo de tempo estipulado, sem qualquer tipo de perda.

O que fazer para superar a crise através da gestão de tempo e produtividade?

É comum em tempos de crise, as empresas buscarem ainda mais por soluções que melhorem sua gestão de tempo e produtividade, portanto, é importante não apenas em tempos difíceis, mas, sempre desenvolver operações mais eficientes, aplicar ações para redução de custos e aplicação de metodologias para melhorar o nível de qualidade para a produção e entrega de insumos e produtos.

Mas, quando falamos em mercados em crise, as empresas precisam adquirir novas habilidades para captar e fidelizar novos clientes.

Para gerar essas habilidades e atingir os melhores objetivos, é importante, muitas vezes, reestruturar a área logística de modo que ela ajude a gerar diferenciação de mercado e vantagem competitiva.

Alguns fatores importantes que podem impactar diretamente na melhoria do uso do tempo e no aumento expressivo da produtividade da companhia, entre eles podemos destacar:

Descentralização da produção

No caso de empresas de médio e grande porte, com atuação nacional e internacional, é indicada a descentralização da produção e construção de diferentes pontos de distribuição.

Na outra ponta, é fundamental também repensar a lista de fornecedores que possam ajudar no processo de redução de custos e de qualificação de processos.

Integração entre empresas e fornecedores

É importante que a empresa, procure maior integração com os fornecedores através de mapeamento e projeto que adicione dados de empresas parceiras, de insumos que tenham baixo custo e alta qualidade, e a instalação de sistemas de informação que integre as informações do fornecedor, com as informações da empresa produtora.

Nesse caso, a utilização de um sistema que integre as informações de fornecedores e produtores, ajuda a contribuir para o monitoramento de estoque, transporte e outras atividades logísticas.

Invista no e-commerce

Além de planejar o projeto logístico para abastecer pontos de vendas presenciais e grandes redes varejistas, empresas de diferentes portes devem investir na criação de uma loja virtual própria e revender seus produtos em parceria com outras lojas virtuais na internet, de preferência os grandes marketplaces.

A atividade de vendas através de lojas virtuais, simplifica a gestão de estoque e o processo de entrega de produtos para o cliente final.

Podemos encontrar dois bons exemplos de sucesso no e-commerce, através das atuações das marcas HP e Dell que vendem seus próprios equipamentos diretamente em seus sites, além de estarem presentes em revenda online de sites de revendedores parceiros.

Este tipo de estratégia possibilitou expandir os negócios em vários países, melhorar a gestão de tempo e produtividade, alcançando resultados positivos nos últimos anos.

Se sua empresa hoje sofre pela falta de tempo, a sua produção está constantemente sendo afetada e já teve inclusive atrasos em seus projetos, está na hora de rever seus planos e desenvolver estratégias corretas.

Para isso, agende uma Consultoria com um de nossos Especialistas. Teremos o maior prazer em mostrar na prática como redefinir seus projetos, reduzir custos, construir parcerias e encurtar o trajeto do produto até o consumidor final, atividades que podem ajudar a desenvolver uma logística mais resiliente à crise, melhorando a gestão de tempo e produtividade da sua corporação.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: