Redução de Custos: 3 cases inovadores

A redução de custos é uma das principais tarefas para otimizar os recursos de uma empresa e elevar a sua eficiência em seu mercado de atuação.

Trata-se de um esforço que compõe uma gestão eficiente de recursos que já estão disponíveis e que são importantes para a garantia da sustentabilidade e desenvolvimento dos negócios.

Principalmente, para as empresas que precisam manter as contas controladas e em equilíbrio é fundamental atuar por meio de cortes que sejam oportunos e que não irão comprometer os resultados qualitativos e quantitativos da empresa em seu mercado.

O que é redução de custos?

Trata-se de um conjunto de iniciativas técnicas e práticas que visam evitar desperdícios, custos e despesas que estejam crescendo em demasia e manter a qualidade de todo o processo de produção de produtos, serviços e de vendas com menor impacto sobre o capital de investimento ou de giro da corporação.

O principal objetivo é o de manter as contas sempre equilibradas, sabendo gerenciar equipes com maior atenção e determinação.

Por que fazer cortes?

Os cortes podem ser justificados em situações de perdas de mercado, crises econômicas, adaptações ou ajustes de produtos e elevação da liquidez do negócio.

Dentre outros fatores, iremos a seguir apresentar três cases essenciais que poderão inspirar o seu negócio:

1 – Amazon e a revisão de processos

Uma das empresas que nasceu pensando grande é a Amazon. Desde a sua criação na garagem de Jeff Bezos, a Amazon reinventou o processo de aquisição de produtos, revenda e precificação, sempre buscando oferecer o menor preço do mercado.

Porém, com o passar do tempo a Amazon teve que criar a cultura de revisão de processos identificando custos ruins, custos bons e custos ótimos para repassar um melhor preço final para o cliente.

Os custos ótimos ajudam a criar um diferencial competitivo para o cliente final com qualidade, preço acessível e valor na entrega.

2 – Dell e a melhoria contínua

A melhoria contínua dos computadores da Dell foi iniciada ainda nos anos 1990 no processo de vendas direcionadas e no processo de montagem das máquinas.

Posteriormente, esse estilo de postura seria logo copiada pelas suas principais concorrentes como HP e Apple. A melhoria contínua se baseia na busca constante de positivas soluções e aplicação estratégica que possa melhorar processos e procedimentos para entregar o melhor produto através de canais de vendas mais próximos do cliente.

​3 – Apple e a sustentabilidade

A Apple foi uma das primeiras marcas do segmento de equipamentos e serviços digitais que começou a eliminar suportes físicos para acesso em seus computadores e serviços.

Além de produzir computadores de alta performance, também criou marcas para venda de áudios e livros eletrônicos visando a redução do consumo de papel e de compact disc, gerando um novo grau de sustentabilidade no contexto ambiental.

Conclusão

Neste artigo apresentamos três cases de redução de custos para o setor de vendas no caso da Dell, de redução de preços no caso da Amazon e de redução de uso de material físico no caso da Apple, sendo ideias inovadoras que estão cada vez mais presentes em nosso dia a dia.

SIGA-NOS NO LINKEDIN

@deverhum-consulting

 

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: