A importância da avaliação financeira na gestão empresarial

A avaliação financeira é parte essencial no processo gestor de uma empresa. Geralmente, muitas empresas ainda encontram desafios para criar uma cultura de monitoramento e avaliação de seus negócios no tocante às finanças.

Geralmente, são situações que podem ser causadas por diversos fatores, como conflitos internos, implicação mercadológica de concorrentes e demais ameaças de mercado.

A empresa ainda poderá sofrer com a queda de rendimento e de geração de lucro a partir de uma administração de péssima qualidade, perda no processo de planejamento e profundo descontrole de fluxo de caixa.

Porém, para usar a melhor avaliação possível e se tornar um bom gestor de empresa, é primordial que toda a situação da empresa seja monitorada, buscando ter mais autonomia e segurança nas tomadas de decisão a respeito dos assuntos e demandas financeiras da instituição.

O que é avaliação financeira?

A avaliação financeira é parte das atribuições administrativas mais importantes de uma organização, empresa e qualquer tipo de negócio.

A avaliação permite aprofundar o planejamento e o controle dos recursos financeiros e de demais insumos necessários para o funcionamento da empresa, bem como de sua atuação no mercado.

Esse tipo de avaliação influencia diretamente em todos os setores do empreendimento, tendo amplo conhecimento sobre orçamentos, investimentos, alocação de recursos, redução de custos operacionais, controle das despesas, geração de retorno financeiro e lucro.

Para gerar mais lucro

A aplicação correta dos recursos financeiros da empresa permite incentivar a geração segura de lucro à empresa.

Dessa forma, tanto a avaliação financeira quanto a gestão financeira como um todo é parte de uma grande estratégia para superar dificuldades e estabelecer processos mais seguros.

Enriquecendo a gestão financeira

As empresas bem sucedidas sempre se preocupam em ter uma gestão financeira de qualidade que atenda aos objetivos de cada negócio ou planejamento de produto.

Tudo dependerá também de um processo organizacional efetivo que apoie o direcionamento de ações profissionais que visam alcançar metas e objetivos qualitativos e quantitativos de forma consistente e contínua.

No processo do planejamento inicial, a avaliação financeira deve se fazer presente também em etapas do planejamento geral, direção, comunicação, controle, avaliação final e até mesmo na qualidade.

Benefícios para o planejamento

Sabemos que o planejamento é um dos pontos fundamentais de todo um processo organizacional que atua diretamente para identificar os pontos fortes e fracos de cada tipo de oportunidade de mercado e conhecer as condições reais da empresa na atualidade.

Conclusão

Dessa forma, tanto a avaliação financeira quanto a gestão financeira devem ser trabalhadas de forma alinhada ao processo da organização como um todo.

Sem a avaliação, a empresa jamais conhecerá as suas reais potencialidades ou pendências financeiras, além de expor a corporação a vários riscos internos e externos de esfera econômica e mercadológica.

É fundamental que os gestores busquem executar esse tipo de avaliação com dedicação e profissionalismo.

Veja também: Avaliação Financeira de Empresas (Valuation) - 3 métodos de avaliação mais utilizados no mercado (consultoria deverhum)

SIGA-NOS NO LINKEDIN

@deverhum-consulting

 

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: