Entenda os Principais KPIs da Logística

Os KPIs logísticos são recursos fundamentais para a avaliação dos processos em andamento e identificação de gargalos.

A área de logística está cada vez mais desafiadora para os negócios devido à alta concorrência. As empresas buscam por redução de custos e melhoria na qualidade de atendimento ao cliente. Neste sentido, é importante medir e acompanhar os processos e seus resultados, por meio dos indicadores-chave de desempenho, ou KPIs (Key Performance Indicator – em inglês).

Os KPIs da logística diferem de organização para organização, pois eles devem ser desenvolvidos em alinhamento com a estratégia de cada empresa. Geralmente as metas são definidas pelos altos executivos e, posteriormente, desdobradas para cada setor específico.

Se sua empresa está com dificuldades em medir os processos ou não sabe quais indicadores utilizar, acompanhe o post de hoje e fique por dentro dos principais KPIs utilizados na logística.

Os principais KPIs Utilizados na Logística

Na avaliação dos processos de uma empresa, o gestor irá utilizar indicadores de desempenho para analisar se deve tomar medidas que melhorem a performance e o rendimento do seu setor de trabalho. Além disso, ele também pode usar estes KPIs para identificar a necessidade de mudanças imediatas, “apagando incêndios”, e oportunidades de redesenhar o processo, criando um novo, mais eficiente, para gerar melhorias contínuas.

Veja quais são os principais KPIs para monitorar:

Time to Market:

Este KPI é muito utilizado em empresas de bens de consumo para medir quanto tempo ela leva para ter a ideia de um produto, desenvolvê-lo, testá-lo, fabricá-lo e colocá-lo no mercado.

OTD (On-Time Delivery):

Este KPI de logística indica qual a percentagem de pedidos entregues no prazo. Para se obter este indicador deve-se apurar a quantidade de entregas feitas no prazo e dividir pelo número total de do período analisado, e multiplica-se por 100 para se obter uma porcentagem.

OCT (Order Cycle Time):

Este é o indicador do tempo que leva para um pedido chegar ao cliente depois que foi recebido pela empresa. Esse KPI de logística é muito utilizado por empresas de e-commerce.
Para calculá-lo, deve-se aferir o tempo que cada entrega levou para ser feita após o pedido, somar todos e dividir pelo número de entregas feitas no período.

OTIF (On Time In Full):

Esse KPI avalia pedidos entregues no prazo combinado pela empresa. Para fazer seu cálculo, deve-se saber a percentagem de pedidos que foram:

  • Atendidos no prazo (P)
  • Entregues sem erro (E)
  • Completo: atendeu todas as especificações do cliente (C)

OTIF = P x E x C

Os KPIs logísticos são recursos fundamentais para a avaliação dos processos em andamento e identificação de gargalos, criando um ponto de partida para a elaboração de planos de ação mais acertados. A partir daí, torna-se possível adotar estratégias que realmente contribuam para a otimização dos resultados corporativos.

Gostou do nosso post de hoje, que tal aproveitar para conhecer os 9 Erros mais comuns da Logística Empresarial?

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: