Mentoria de Liderança: desenvolvendo habilidades profissionais e pessoais

De acordo com a Association for Talent Development, “mentoria é uma relação recíproca e colaborativa que na maioria das vezes ocorre entre um profissional nível sênior e outro menos experiente com a finalidade de crescimento, aprendizado e desenvolvimento de carreira do mentee.”

A ênfase desse trabalho é em atingir metas organizacionais e de carreira através do aconselhamento sobre ações práticas no ambiente de trabalho, desenvolvimento profissional e equilíbrio entre vida pessoal e profissional, o que é fundamental para a constância. Mentores eficazes funcionam como modelos para seus pupilos compartilhando experiências reais que fornecem orientação para ajudá-los a alcançar seus objetivos.

As organizações começaram a ver o valor da mentoria para melhorar a vida profissional, seu desempenho, comprometimento e a satisfação no trabalho.

A mentoria deve ajudar o mentee a mudar o seu mindset ajudando-o a compreender a dinâmica entre o seu perfil pessoal e o da organização onde trabalho, para que o profissional consiga se adaptar de maneira mais rápida e alinhada com as expectativas da empresa. Como resultado, o desempenho do profissional irá crescer rapidamente, uma vez que os resultados surgirão quase que de forma imediata.

A Eficácia vem com a Confiança

Os pontos a seguir são dicas preciosas sobre geração de confiança como base para a eficácia do processo.

  • A relação entre mentor e mentee deve ser mutuamente satisfatória. O mentor sente que cumpriu seu papel e está sendo automaticamente recompensado quando seu pupilo trabalhar para colocar em prática suas orientações, trabalhando fortemente sobre os novos padrões de conhecimento. Da mesma forma, quando o mentee percebe que é compreendido em suas necessidades específicas e que o mentor se preocupa em adaptar seu estilo de comunicação ao dele, o engajamento com o processo de mentoria atinge níveis profundos.
  • Um mentor eficaz dá conselhos sábios e o pupilo se sente à vontade para falar sobre questões que podem ser delicadas. Uma vez que essa confiança é desenvolvida, o mentor pode dar conselhos ou ajudar com recomendações difíceis.
  • Os programas de mentoria tratam de orientação e facilitação, e não de treinamento. O mentor compartilha um nível muito profundo e amplo de conhecimento adquirido por anos de trabalho e exposição a situações bem desafiadoras que exigiram o desenvolvimento de certas habilidades. Sendo assim, ele espera que o mentee tenha mente aberta e capacidade analítica para avaliar como os insigths oferecidos se encaixam na nova realidade.

Um processo de mentoria gera resultados muito expressivos para o mentee reduzindo o tempo de desenvolvimento natural conforme seu perfil e nível de experiência.

O ganho é tanto comportamental quanto técnico, uma vez que o conhecimento compartilhado é sem limites. O mentor se baseia no grau de amadurecimento que mentee vai desenvolvendo ao longo do processo para estabelecer a velocidade e profundidade com que abordará cada assunto.

De forma até intrínseca, percebemos a importância do mentor possuir uma boa capacitação na área de desenvolvimento de pessoas, como uma formação como coaching por exemplo. Saber analisar características de personalidade do coachee é uma habilidade importante com impacto direto sobre a eficácia do programa.

As experiências, personalidade e o conjunto de crenças e valores do mentee influenciam diretamente no seu desenvolvimento. Por essa razão, personalizar o programa garante a melhor relação tempo/capacitação desse profissional.

Veja também: Qual a diferença entre Mentoria e Coaching?

One Comment

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: