Avaliação Financeira de Projetos: Por que e Como Fazer

A avaliação financeira de projetos é uma das etapas mais essenciais para verificar a viabilização de um negócio, produto ou qualquer tipo de projeto.

A realização de uma análise financeira é fundamental para a aprovação e realização de um projeto, ainda mais em mercados competitivos quando temos a missão de reduzir custos, gerar valor e atrair novos clientes.

Geralmente, esse tipo de análise é importante antes mesmo de alocar um determinado investimento, garantindo a maior segurança para o mesmo. Esses esforços fazem parte de um planejamento estratégico visando o melhor resultado final.

Por que a avaliação financeira de projetos é importante?

Quando a empresa ou o empreendedor realiza esse tipo de análise, é possível fazer a mensuração de dados de retorno de investimento, otimizar processos, reduzir custos e gerar melhores caminhos para grandes resultados.

O empreendedor precisa pensar na empresa e no seu modelo de negócio de modo analítico e integrado, visando dar passos mais seguros e até mesmo desencadear um processo de transformação para a organização.

De todo modo, esse tipo de avaliação permite estudar e conferir a viabilidade econômica do negócio, prever os pontos de retorno, as perspectivas de desenvolvimento e os resultados gerais.

A viabilidade

Ter uma grande ideia de negócio ou produto pode ser algo genial e factível, mas o investidor ou patrocinador do projeto terá maiores preocupações com a viabilidade do projeto.

O empreendedor e gestor também precisa ter esse tipo de preocupação, procurando medir se determinado investimento será viável ou não. Afinal, ninguém pode jogar dinheiro pela janela.

Ao analisar de forma profissional, o empreendedor e investidor buscarão identificar pontos como custos excessivos, consumo de tempo em demasia e riscos de perda de qualidade.

Todas essas variáveis implicam também no fator financeiro da empresa, no tocante ao investimento e relação de retorno.

Como fazer uma avaliação corretamente?

A análise pode ser aplicada com a ajuda de diferentes ferramentas conceituais de gestão, veja a seguir:

Payback

Esse método é muito utilizado para cálculo de período de retorno de um determinado investimento, considerando o ponto de início da aplicação até o ponto previsto de retorno de investimento.

Esse método utiliza fórmula simplificada e um planejamento de fluxo de caixa registrando custos de investimento e despesas em geral.

ROI

Essa metodologia também é conhecida como “retorno sobre investimento” e trata-se de um método tradicional de cálculo de valores. Ele permite medir a geração de lucros sobre os projetos existentes, também é utilizado para indicar a relação de capital inicial investido e o retorno obtido.

Os seus cálculos visam avaliar os lucros e os prejuízos ligados ao investimento realizado, procurando manter a segurança e a busca por resultados positivos.

TIR

Essa sigla significa “Taxa Interna de Retorno” de um determinado empreendimento. A sua medida é dada por meio de percentual que considera o quanto o investimento sobre um projeto poderá render, considerando o fluxo de caixa.

Conclusão

Portanto, existem diferentes abordagens metodológicas que viabilizam a análise financeira de investimento e retorno sobre determinado projeto de negócio e empresa para demonstrar a real viabilidade e nível de retorno sobre o investimento.

Veja também:

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: